0

Janelas de alumínio: versatilidade a toda prova

Sempre gostei de versatilidade. Adoro as colchas que podem ser usadas dos dois lados, ou luvas de forno que servem de descanso de mesa, ou a ideia brilhante de poder controlar a TV e o aparelho da antena com um mesmo controle remoto. E acho que é por isso que as janelas de alumínio me atraem tanto: são absolutamente versáteis!
Aliás, o alumínio em si é um material muito versátil. Ele pode ser encontrado em esquadrias, janelas, portas, panelas, utensílios, ligas metálicas automotivas e de material esportivo como mosquetões de escalada e asas-deltas. Um barato! E por ele ser muito maleável, é muito simples adequá-lo a funções e formatos novos, independente do uso que ele vai receber.



                   


Variedade de estilos


Quando se trata de design de janelas de alumínio, a variedade é tão grande que ficamos perdidos facilmente. São modelos pivotantes, de correr, basculantes, venezianas e outros, cada um dimensionável para o tamanho do seu cômodo e da sua ideia. E um detalhe muito bacana é que mesmo que a janela seja de grandes dimensões, ela continua sendo leve, leve!
Não bastasse isso, cada modelo ainda pode ser encontrado em vários acabamentos! Os principais são prata brilhante, prata fosco e branco, e podem ainda ser lisos ou estriados. Haja variedade! E com tanta opção assim, como saber qual modelo instalar nos cômodos da minha casa?

Depende do cômodo


Quando construímos ou reformamos, sempre temos ideias visuais em mente – sem falar nas intermináveis pesquisas na internet pra inspirar nossas próprias ideias -, mas nem sempre aquela ideia fica boa no cômodo em questão. É preciso, antes de mais nada, levar em consideração o tamanho desse cômodo, sua função e, principalmente, o tamanho da parede onde a janela vai ser instalada.
Num quarto pequeno, por exemplo, colocar uma janela com abertura tipo bay window (aquela que se abre pra fora, como se fosse uma porta comum) pode não ser boa ideia, pois ocupa muito espaço lateral quando aberta e esse espaço não poderá ser usado para mais nada (por exemplo, um armário, ou um cabideiro). Neste caso, uma janela de correr pode ser melhor ideia, ou mesmo uma tipo guilhotina (muito comum nas casas de fazenda, se abrem para cima). Estes modelos de janelas não usam mais espaço do que aquele ocupado por elas quando estão fechadas.
Já em quartos grandes, as grandes janelas dão um tremendo charme a mais! Dependendo do estilo da casa, essas janelas podem ser mais alongadas, vindo quase na altura dos joelhos. Ela fica muito bonita quando o lado de fora é um jardim, ou quando tem uma vista bonita da cidade. Entretanto é mais segura quando o cômodo fica no primeiro andar, ok? Caso esse cômodo grande seja a sala e ela seja virada para a rua, ao invés de uma única janela grande, pode-se fazer uma composição de janelas pivotantes altas e estreitas – as pivotantes abrem-se no sistema de pivô, pinos que são colocados no centro da folha de vidro, sendo que a janela se abre girando o vidro sobre estes pivôs. Fica uma composição muito elegante!

Mas e a cor?


A cor vai de acordo com seu gosto pessoal e o visual que você pretende dar à sua casa. Como já dissemos, as janelas de alumínio podem ser encontradas em prata brilhante, prata fosco e branco, sendo que os modelos brancos são mais discretos e podem dar um ar de sofisticação a mais, dependendo da decoração planejada.
A escolha por um desses acabamentos não provoca diferença na durabilidade das peças – entretanto, aquelas em branco, se atingidas por um objeto pontiagudo, podem descascar. Já quanto ao contato com a umidade, a resistência continua sendo a mesma; as peças em branco não vão apresentar amarelamento, nem bolhas causadas por umidade.
“E posso pintá-las de outra cor se eu quiser?”. A rigor, não haveriam problemas, mas é sempre bom entrar em contato com o fabricante para que ele forneça especificações sobre tipos de tinta e técnicas de pintura. Pode ser que ele mesmo possa fornecer as peças em outra cor, o que é muito bom, já que o serviço seria realizado por quem conhece bem o material e suas exigências.


Vamos combinar: alumínio é tudo de bom, não é? 
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails