0

Dicas Para Conservar Melhor os Alimentos


Os preços cada vez mais altos da alimentação faz com que seja importante a conservação adequada dos alimentos. O desperdício é ruim por conta do dinheiro que é gasto a toa e o fato de que ainda existem pessoas com fome no planeta e isso acaba sendo um desrespeito a eles. Para evitar que muitos alimentos se estraguem foram desenvolvidas técnicas que vão desde o congelamento ao uso de uma seladora a vácuo, a qual permite uma maior preservação.

Embalar a vácuo 

Uma seladora a vácuo é capaz de preservar quaisquer tipos de alimentos, garantindo que seu sabor e cheiro permaneçam por muitos dias. Sem contar que ainda representa uma economia para quem trabalha ou estuda e tem o interesse de levar comida e não comer em restaurantes. Com a seladora é possível que as sobras possam ser reaproveitadas para o dia seguinte ou para longos períodos, dessa forma, o alimento não será desperdiçado.
Embalar a vácuo significa tirar todo o ar. A maioria das seladoras usadas em residências permite retirar mais de 99% do ar ou manter os alimentos em uma atmosfera modificada. Trata-se de uma mistura de gases, que ajudam na preservação e são ideais para determinados tipos de alimentos e necessidades. 
Nessas situações, o alimento pode durar até 1/3 a mais do que em outros tipos de conservação


Congelamento
O Congelamento ainda é indicado para diferentes casos, principalmente quando os alimentos são carnes, frios e outros. Frutas e verduras também podem ser congeladas, mas em alguns casos o resultado não é satisfatório. Outros produtos como refrigerantes, cervejas e outros, podem perder sua propriedade e o ideal ainda é a refrigeração. Não há segredos, basta colocar os alimentos em recipientes apropriados e colocar no congelador ou freezer
.

Outros processos de conservação

Ainda temos a pasteurização usada em leite em que este é aquecido a uma temperatura alta para que germes e bactérias possam ser mortas devido ao calor. Um processo semelhante é usado na esterilização, que é a exposição dos alimentos a temperaturas altas por períodos de tempo determinados para que não percam suas propriedades. O processo é mais usado em larga escala, mas também pode ser feito em casa. Outros processos térmicos como o branqueamento e a tindalização são empregados na indústria, com o objetivo de manter as qualidades do alimento, principalmente as de nutrição.
Dicas simples para reaproveitar determinados alimentos
Alguns alimentos tem uma vida útil maior quando conservados de modo específico, como o caso do alho, que pode ser embebido no óleo para evitar que ressequem. A mistura não faz mal a nenhum dos dois e o óleo ainda pode ser usado para temperar molhos. O óleo também pode ser reaproveitado. Para retirar o gosto ruim, basta colocar algumas batatas dentro. O açúcar, por exemplo, não empedra se dentro do recipiente forem adicionadas algumas bolachas de sal.
Ovos duram mais quando a parte pontuda é colocada para baixo quando armazenada. O sabor do café é melhor preservado quando este fica bem fechado em recipiente e dentro da geladeira. A cebola pela metade dura mais se passar manteiga sobre a parte cortada. Por fim, mantenha os condimentos longe do fogão, pois a temperatura pode tirar seu sabor.

Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails