0

A sofisticação dos rodapés

Eu me rendi ao rodapé de madeira, em breve colocarei aqui os resultados finais do meu projeto, pra hoje no entanto, quero mostrar pra vocês algumas dicas desse item

Muito mais do que um acabamento, o rodapé é o detalhe que complementa e, às vezes, transforma a decoração de uma casa ou apto. Ele surge como fator estético relevante para a composição visual do ambiente, dando mais profundidade e elegância ao espaço.

Atualmente a ampla variedade de texturas, alturas e formatos existentes no mercado auxiliam na hora da seleção.
 
Para quem não quer errar, combinar o rodapé com a soleira e cor das portas é sempre uma alternativa segura. O material, entretanto, não precisa ser o mesmo. Basta que as tonalidades combinem.
É possível também ousar e ter as aberturas em cores diferentes em relação ao rodapé. A estratégia é um pouco mais arriscada obviamente mas, com harmonia o resultado pode ser de requinte e bom gosto, como na foto abaixo, na qual o rodapé tem a mesma nuance que a parede.
 
Outra alternativa, para quem quer acertar sem medo, é usar um rodapé branco ou claro. O porcelanato que reproduz pedras, como mármore, oferece praticidade e sofisticação ao ambiente. Além de ser de fácil manutenção, fino e poder ser usado em áreas secas ou molhadas, o rodapé de porcelanato garante um toque refinado ao projeto, mesmo quando o piso é de madeira, ou de porcelanato que reproduza o material.

 

 
O oposto também é valido. Usar o rodapé em porcelanato inspirado na madeira em pisos revestidos com peças frias – mármore e pedras em geral – também é uma proposta válida e bonita. 

 
A tendência para 2014 é utilizar o rodapé mais alto, com destaque para as peças de 15 cm de altura. Assim como os frisos, que dão um detalhe especialmente interessantes quando o rodapé e a parede são da mesma tonalidade.

Rodapé de 15 cm da linha Mineral.

 
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails