4

Tudo sobre a Candidíase

Utilidade feminina, vale a pena ler!!!

Tem haver com a temperatura alta para essa infecção, que causa tanto incômodo nas mulheres, surgir. Isso porque o calor e a umidade (além do biquíni molhado) - típicos no verão - criam um ambiente favorável ao seu aparecimento.

Qual é a causa do problema?

O grande responsável é o fungo Candida albicans, naturalmente presente na flora vaginal. Em desequilíbrio, ele provoca sintomas desagradáveis como corrimento esbranquiçado, vermelhidão, coceira, queimação e inchaço na vulva.

Em que situação é mais comum aparecer?

Em caso de queda na imunidade (causada por stress ou gripe), umidade na vagina (por causa do calor e da temperatura ambiente e do uso prolongado de biquíni molhado, por exemplo) e durante a alteração hormonal típica da menstruação - todos esses fatores facilitam a multiplicação dos fungos. A doença também pode ser adquirida por meio do contato sexual, quando o parceiro está contaminado.

Quem está mais propensa?

Mulheres grávidas ou que usam pílulas anticoncepcionais (o estrogênio facilita o aparecimento dos fungos), as que estão tomando antibióticos por um período longo (esse tipo de medicamento mata também as bactérias protetoras) ou que sofram de diabetes (a doença baixa a imunidade do organismo e altera o pH genital, favorecendo o problema).

Qual é o tratamento?

Recomenda-se o uso de fungicidas na forma de creme vaginal ou óvulo e de comprimidos via oral, que tanto a mulher como o homem devem tomar. Nesse período, não é recomendável manter relações sexuais.

É possível prevenir?

Alguns cuidados são essenciais: tirar o biquíni molhado e a roupa suada da academia o quanto antes, deixar as peças íntimas secarem em lugar ventilado (e não no boxe do banheiro), trocar regularmente o absorvente interno durante a menstruação, evitar o uso de protetores diários de calcinha (eles abafam a região, deixando-a mais úmida), vestir roupas e lingerie de algodão ou outro tecido que favorece a transpiração, dormir sem calcinha (para arejar), preferir saias e vestidos em vez de calças e roupas apertadas durante o verão.

A alimentação também pode ajudar?

Sim. Os probióticos, nutrientes contidos nos iogurtes e leites fermentados, são bons aliados contra fungos, vírus e bactérias. O ácido caprílico do coco também é um potente antifúngico, assim como os óleos ricos em ômega 3 e 6. O alho idem - ele deve ser consumido cru ou em suplementos. É bom evitar doces: o açúcar refinado serve de alimento para os fungos proliferarem.

Há risco de a candidíase evoluir para algo grave?

Não. Mas ela pode favorecer infecções secundárias na própria vagina ou se tornar um quadro crônico recorrente, que, embora não seja sério, é bastante incômodo. Quem vire e mexe apresenta esse problema deve procurar um médico para investigar se há alguma ligação com outra doença, como diabetes.

Fonte: Banco de saúde

Comentários
4 Comentários

4 comentários :

Natália Guedes disse...

Vann amiga gostei do seu post e gostaria de relatar minha experiência. Sofri com Candidíase por cerca de 3 anos, sentia coceira na vagina, corrimento esbranquiçado com cheiro ruim, meu anus ficava ardido sentia cortes nele, ardência e inchaço após as relações sexuais. Foi um transtorno horrível para mim e meu namorado na época(hoje marido)até ele começou a sentir os efeitos dela a glande do pênis ficava com bolinhas e tipo uma assadura, procurei ajuda médica, fiz vários exames, tomei remédios, meu marido tb, usei pomadas vaginais, mas nada resolvia meu problema, ficava boa 1 mês mas depois voltava. Meu relacionamento balançou viu, pq é muito incomodo para o casal, ficava com vergonha pois durante e depois o sexo eu sentia dores minha vagina ficava vermelha que parecia que ia explodir e ele com medo pois sabíamos que após o sexo ele tb sentiria os incômodos. No ano passado engravidei, aí já viu, não podia tomar remédio algum e o corrimento fez a festa.No entanto quando comecei a tomas os polivitamínicos a cândida deu uma amenizada e tb pq as relações sexuais diminuíram de ritmo. Então tive minha filha. Durante o parto engordei 20 kilos e tratei logo de emagrecer, comecei a comer melhor, antes comia pizza toda semana, tinha estoque de chocolate em casa, comia muito chocolate, salgadinhos, refrigerante, biscoito recheado, doces, pão branco, nossa era uma abelha, não sei como não fiquei com diabetes gestacional. Com esse controle alimentar, eu eixei de comer tudo isso, ainda como mas é muito raro. Com essa mudança alimentar estou livre da Candida, não vou dizer curada pois se eu der um vacilo ela volta, mas não sinto mais os sintomas. Vann Candida vem do nome Candi que significa açúcar, eu li bastante comprei livros, pesquisava na net, mas ninguém faz esse link do açúcar x candida. Posso dizer que a educação alimentar me salvou, salvou meu relacionamento de 6 anos e 4 meses. Xeiro pra vc, espero que esse relato ajude outras pessoas.

Van souza disse...

Van... Van.. oi Van!!!
Oi!
Td bem, sou Van, muito prazer!!!
Rsrsr... menina, que blog M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!!!! Olhei tudo, claro que não lí tudo... mas ví muita coisa... deu pra te conhecer um pouquinho... ver fotos do seu trabalho... das pazes que seus irmãos fizeram no reveilon, das sua RA... ( evoluiu, hein?!)... e adivinha, estou fazendo o bife de penela de pressão pra deixar pra o almoço de amanhã das crianças!!!
Bom, ví que além do nosso nome a gente tem muita coisa em comum.
Adorei seu blog querida!!!
Um beijo

PS: tbm amo avon!!!

Jani disse...

Nossa, deve ser terrível ter isso!! Ótimo esclarecimento.


http://dicasdemadame.blogspot.com.br/
@dicasdemadame

Van souza disse...

Bom dia Van!!!
Menina... eu já estou seguindo o seu blog... hora... mais vc pensa mesmo que eu iria vir até aqui e não seguir essa belezinha?!?!?!?

A carne ficou ótima!!! Todos gostaram!!!

Beijos

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails